domingo, 25 de outubro de 2015

Dicas para se vestir bem no trabalho





Seja qual for o seu emprego, compromissos mais formais podem surgir e exigem que você esteja vestida à altura. Veja sugestões para arrasar nos looks de trabalho


Quem nunca teve dúvidas ao escolher roupas para trabalhar, que atire a primeira pedra. Afinal, não dá para negar que a aparência é um aspecto que conta (e muito) quando o assunto é autopromoção. Por mais descontraído que seu ambiente de trabalho seja, situações que exigem um pouco mais de formalidade podem surgir, como reuniões ou eventos. E é para se preparar para elas que as dicas de hoje servirão.

É claro que as exigências podem variar de acordo com o grau de formalidade de cada profissão ou ocasião, mas, segundo a consultora de imagem Alanka Nasser, para o site 5 minutos, uma lição vale para todas elas: “Blusas de alcinha, saias curtas e barriga de fora, nem pensar!”. Roupas extravagantes podem chamar mais atenção do que sua competência, que é o que mais importa no ambiente profissional.

Se você é daquelas que não gostam tanto do emprego atual e, por isso, não andam com muita vontade de se arrumar para trabalhar, Alanka alerta: “A pessoa não tem que se vestir para seu trabalho atual, mas para o trabalho que quer ter.” Ao se sentir satisfeita com a sua aparência, você provavelmente estará mais confiante e animada. “A imagem reflete muito no estado de espírito”, completa a consultora.

As regras são várias, mas nenhuma delas tem valor se você não estiver se sentindo bem. Aí, autoconfiança e elegância vão por água abaixo. Ao descrever seu trabalho, Alanka enfatizou que a consultoria de moda e imagem trabalha para harmonizar roupas e acessórios com a personalidade e o estilo de vida de cada pessoa. Como estabelecer regras tão rígidas se as personalidades são tão únicas e distintas? Por isso, aproveite as dicas a seguir – repare que sempre buscamos citar mais de uma possibilidade em cada sugestão – e adapte-as ao seu gosto e à sua rotina.

1- Na dúvida, escolha os clássicos

Para reuniões e outros eventos formais, o combo saia lápis, camisa de seda e scarpin não sai de moda e garante visual refinado e elegante. Aposte sempre em blusas de manguinha, saias na altura do joelho e tecidos de qualidade – os naturais costumam ser mais nobres do que os sintéticos.

2- Não use roupas extravagantes demais

Evite roupas muito justas e curtas, decotes, cores chamativas e maxi bijus. Em uma reunião, o que deve chamar atenção são as suas ideias, e não o brincão que está na moda.

3- Aposte em peças de alfaiataria

Roupas nesse estilo estão em alta e combinam com o ambiente corporativo. Blazer, calça estilo pantalona e maxi colete são boas opções.

4- Saltos dão mais elegância ao look

Aposte nos saltos altos. Eles compõem um look mais poderoso e, consequentemente, lhe deixam mais confiante. Lembre-se: neste caso, conforto e elegância são as palavras de ordem. Não adianta escolher um supersalto e passar o dia mancando. Scarpins e sandálias mais fechadas, com saltos grossos, são ótimas opções. Evite calçados com tiras finas e modelos metalizados ou brilhosos.

5- Prefira as cores sóbrias - que não são, necessariamente, sem graça

Se quiser fugir da rigidez do preto, aposte no azul marinho. A cor transmite credibilidade e segurança. Outras opções clássicas são cinza, bege, camelo e branco. Quer dar um toque atual? Invista na cor do momento, a “canela”.

6- Nada como a combinação tecido de qualidade e modelagem impecável

Como roupas com essas características podem ser mais caras, a dica é investir em peças-chave, como terno, camisa de seda pura e saia lápis. Clássicas, elas nunca saem de moda e podem durar um tempão. O legal é que, se combinadas com peças mais despojadas - como jeans, camisetas e acessórios – roupas tradicionais podem ser usadas em ocasiões informais, como happy hours e festas.

Postagens populares