segunda-feira, 27 de julho de 2015

4 táticas para controlar o tamanho da sua fome


Você sabe exatamente o que colocar no prato para manter a forma. Mas, se não consegue controlar a gula quando está estressada ou na TPM, é uma forte candidata a engordar. “No Brasil, 4% da população tem momentos de compulsão alimentar e 75% das pessoas desse grupo ganham muito peso”, avisa o nutrólogo Cristiano Merheb, do Rio de Janeiro. Não tem como ser diferente: o carboidrato refinado (açúcar, farinha de trigo, cerveja) costuma ser a principal escolha e, além de calórico, contribui para novos episódios de comilança. Para evitar esse risco, o médico sugere algumas medidas anticompulsão.





1. Corte o carboidrato refinado

Ele é responsável por picos instantâneos de açúcar no sangue, acompanhados de grande produção de insulina. Em excesso, esse hormônio não só faz o organismo estocar gordura como derruba os níveis de serotonina (substância responsável pelo bem-estar). Aí fica fácil atacar uma bomba de chocolate.

2. Coma a cada três horas

Pequenos lanches saudáveis (não beliscos!) evitam que a fome fique incontrolável e você devore tudo e mais um pouco quando sentar à mesa.

3. Invista na proteína

Esse nutriente prolonga a sensação de saciedade. Faça um rodízio entre carne vermelha, frango, peixe e ovo. Você quer dar um tempo na proteína animal? Aposte nos cogumelos, nos feijões, nos grãos, como a quinua, e em suplementos de proteína vegetal (a de ervilha e a de arroz, por exemplo).

4. Mexa o corpo

Fazer exercício estimula a produção de endorfinas, que, assim como a serotonina, aumentam a sensação de prazer e, com isso, diminuem o risco de ansiedade e depressão – emoções relacionadas à compulsão.

Postagens populares