sexta-feira, 26 de junho de 2015

Mitos e verdades sobre o uso da panela de pressão


Quando mal utilizadas, panelas de pressão podem virar uma bomba. Veja como evitar acidentes e aproveitar o melhor delas
Mitos e verdades sobre o uso da panela de pressão

A panela de pressão premia quem gosta de cozinhar com algo valioso: economia de tempo. Como prepara os alimentos três vezes mais rápido, reduz também os gastos com gás. Mas é preciso cuidado ao manejá-la. “Muitos acidentes seriam evitados se seus acessórios e válvulas de segurança fossem trocados por peças originais ao se desgastarem”, afirma Arcangelo Nigro Neto, vice-presidente do Sindicato da Indústria de Artefatos de Metais. “Seguir as instruções do manual também aumenta a segurança.”

Confira abaixo alguns mitos e verdades sobre o uso da panela de pressão em casa:
Mitos e verdades sobre o uso da panela de pressão

1. Panela de pressão explode: VERDADE

Se não for usada corretamente, ela pode, sim, provocar uma explosão grave, destruir a cozinha e ferir seriamente quem estiver por perto. Para reforçar a segurança,
o ingrediente deve ir para a panela acompanhado de água ou outro líquido em quantidade suficiente.

2. Panela de pressão só cozinha feijão e carne: MITO

O tempo de cozimento na panela de pressão é mais rápido. Basta adaptar esse tempo e fazer vários tipos de receitas. Evite apenas cozinhar cevadinha, mingau de aveia e ervilha seca. Esses alimentos formam espuma, obstruindo a saída do vapor pela válvula.

3. O tempo de cozimento começa quando a panela chiar: VERDADE

O cozimento começa assim que a válvula começa a deixar escapar vapor, produzindo um sopro, e não logo que a panela vai ao fogo. Reduza o fogo e marque o tempo de cozimento indicado na receita.

O jeito certo de usar

1. Capriche na limpeza

Desencaixe a borracha de vedação da tampa e lave-a separadamente.

2. Confira se existe pressão

Se a panela não produzir pressão e o vapor escapar pela tampa, verifique se a borracha está colocada corretamente.

3. Faça manutenção diária

Veja se a borda da panela está em bom estado e se não se deformou com o uso. Se houver algum problema, leve-a à assistência técnica. E troque a borracha de vedação quando rachar.

4. Não encha até a boca

Para a válvula não entupir, ao cozinhar algo mais líquido, como feijão, deixe o nível de água pelo menos três dedos abaixo da tampa. Se for carne, a água deve chegar até metade da panela.

5. Repare no apito

O cozimento do alimento se inicia quando a panela começa a apitar. Aí, é hora de abaixar o fogo e contar o tempo indicado na receita a ser preparada.

6. Observe a válvula.

Enquanto a panela estiver no fogo, veja se a válvula está funcionando normalmente. Se não estiver liberando vapor, pode estar obstruída. Para resolver, basta levantá-la.

7. Tenha cuidado ao abrir

Jamais abra a panela assim que desligar o fogo. O ideal é esperar que ela esfrie naturalmente. Se estiver com pressa, coloque-a embaixo da torneira de água fria até parar de chiar, sem erguer a válvula. Depois, é só abrir com cuidado. Sempre afaste bem o rosto nesse momento.

Postagens populares